Vendas: (11) 3305-4833 | Serviços: (11) 3305-4800 + Telefones Orçamento Elevadores E-mail Contato venda elevadores
Carregando

Projetos Acadêmicos

O primeiro projeto acadêmico da ALFABRA foi um protótipo de um elevador panorâmico, modelo Santa Helena, um dos modelos mais elegantes da ALFABRA.



Download do Projeto Download do Projeto

Os estudantes

A proposta surgiu através do jovem Eric Seiiti Furuta, de 26 anos.
Eric morou alguns anos no Japão, onde trabalhou como operador de prensa. De volta ao Brasil, começou a trabalhar na ALFABRA Elevadores, como Operador de Prensa CNC. Há mais de um ano na função, certo da profissão que pretende seguir, Eric decidiu cursar Faculdade de Engenharia da Produção Mecânica, na FMU.

Na faculdade, já no primeiro semestre, foi proposto que os alunos se dividissem em grupos e apresentassem um Projeto Livre para a Feira de Ciências. Surgiu a Equipe A2E2G. Além do Eric, fazem parte do grupo Evellin Ferreira, de 22 anos, que é técnica em metalurgia, e trabalha com tratamento térmico, António Vitor de Mendonça, de 26 anos, que trabalha no negócio da família, mas sempre sonhou em ser Engenheiro, Guilherme Rocha e Aline Roberta Tortela. Por trabalhar na ALFABRA, Eric propôs construírem um protótipo de um elevador hidráulico! A proposta foi prontamente aceita pelo restante do grupo, afinal, elevadores hidráulicos não são tão conhecidos. Muita gente nem sabe que existem. Quando falamos em elevador, a maioria das pessoas imagina um monte de cabos e contrapesos! O simples fato de proporem a construção de um elevador hidráulico, já gerou interesse!


O início do projeto

No primeiro momento, o grupo tentou realizar o projeto sem o auxílio da Alfabra, apenas com as informações que Eric coletava no seu dia-a-dia. A idéia parecia simples, mas tiveram dificuldades técnicas e financeiras.

A primeira iniciativa foi obter uma bomba hidráulica para servir de motor para o elevador. Conseguiram uma bomba com alimentação trifásica. Não conhecemos as características da bomba obtida, mas para quem está acostumado a trabalhar com este tipo de equipamento, é possível imaginar a potência desta bomba, e avaliar qual seria seu resultado em um protótipo!  A bomba nem chegou a ser testada, pois não conseguiram uma ligação trifásica para acioná-la. Apesar das tentativas frustradas, o grupo sempre foi muito positivo. É empolgante ouvir o entusiasmo com que falam das tentativas que fizeram para que a bomba funcionasse, desde tentar ligá-la com um ligação 220V comum, até tentarem rebobinar o motor para que funcionasse com outra tensão. O mais fascinante é avaliar a simplicidade da solução obtida, mas este assunto vamos comentar mais pra frente!

O grupo chegou a pensar em mudar o projeto, mas não tinham como fazê-lo...  O projeto já tinha sido aprovado, e estava causando grande interesse. Foi então que Eric decidiu levar à diretoria da ALFABRA as dificuldades que estava tendo em seu projeto acadêmico.

A participação da Alfabra

O nosso Diretor é um entusiasta da livre iniciativa. Ficou encantado com a proposta e com a possibilidade de poder ajudar.  Abriu todos os recursos da empresa para Eric e seu grupo desenvolverem o projeto, mas “Todo bônus tem um ônus”!  Nosso diretor é perfeccionista. O grupo teria o auxílio da ALFABRA, mas teriam que fazer um projeto com um padrão de qualidade à altura dos produtos ALFABRA!

A parte mecânica
Começaram os trabalhos! O projeto não era simplesmente fazer uma miniatura de um modelo já existente. Alguns componentes de elevadores estão disponíveis prontos no mercado, como guias de metal - não existem no mercado miniaturas para protótipos. Foi necessário desenvolver um projeto totalmente novo. O grupo e nosso diretor desenvolveram juntos todas as partes mecânicas. Como operador de máquinas, o próprio Eric produziu a maioria das peças na fábrica da ALFABRA!

Apesar de trabalhosa, a parte mecânica transcorreu sem nenhuma dificuldade. Projetaram e construiram a cabina, guias, pórticos, etc. Todas as partes mecânicas encaixaram-se perfeitamente e o protótipo ficou grandioso! Só a cabina pesa mais que 11 Kg. O conjunto completo tem mais de 2 m de altura e pesa cerca de 100 Kg.

O conjunto motor
Concluida a parte mecânica, vieram as dificuldades da parte propulsora! Como já falamos antes, não existem componentes para protótipos, e teriam que desenvolver todo o conjunto propulsor do elevador. Ao mesmo tempo, não era um protótipo para ensaio e sim uma apresentação para uma feira de ciências, então era interessante expor o funcionamento dos mecanismos, mas não eram necessários grandes cálculos para equiparação de pesos e forças.

O conjunto propulsor é composto basicamente por 04 elementos: Motor, pistão, válvula de retenção e reservatório. O pistão suspende a cabina; o motor injeta fluido no pistão para fazer o elevador subir; a válvula garante que o elevador fique parado no andar e controla a descida da cabina (Elevadores hidráulicos não utilizam motor nas descidas, elas são controladas por válvulas); e por fim, um reservatório para conter o fluido necessário para as movimentações.

De volta à mesa de projetos, teríamos que obter ou criar estes componentes. O primeiro passo foi criar um pistão hidráulico. O ideal era um pistão transparente, para que fosse possível visualizar seu funcionamento. Ao mesmo tempo, teria que suportar as pressões, já que o conjunto ficou bem pesado para um projeto acadêmico! Guilherme trabalha na VEDALONE, que forneceu a usinagem de algumas peças, acompanhando os projetos fornecidos pela ALFABRA.

Após algumas dificuldades, fizeram um pistão de acrílico e utilizaram um fluido branco, solúvel em Água, que permitiu uma perfeita visualização da mecânica do equipamento! Aproveitaram algumas sobra de material para fazer o reservatório de fluido. Resolvido o problema do pistão, faltava decidir quais seriam o motor e a válvula utilizados. O que parecia um problema complicado teve uma das soluções mais fáceis de todo o projeto. Um simples motor de lavador de para-brisas automotivo foi mais que o suficiente para obter um excelente resultado nas subidas. Para controlar a descida, foi utilizada uma válvula de máquina de lavar roupa.  Foram dois produtos simples e facilmente encontrados no mercado. Estas soluções tomaram de euforia todos os envolvidos no projeto, não somente pela solução simples, mas pela constatação da eficiência dos sistemas hidráulicos!

A apresentação

O projeto causou euforia desde a hora em que chegou ao Campus (lembremos que é um projeto com mais de 2 m de altura). A curiosidade de todos foi aguçada já no transporte até o laboratório. A montagem demorou cerca de uma hora, e a cada etapa, mais e mais curiosos se juntavam ao redor do grupo.  Era visível a sua grandiosidade, e mesmo assim, os resultados superaram todas as expectativas. O corpo docente da faculdade ficou encantado com a qualidade do projeto, ainda mais se considerarmos que se trata de um grupo do 1º semestre. Tiveram nota máxima, unânime em todas as matérias! O grupo diz que ficou muito feliz com o apoio que recebeu e com o resultado que colheu, mas nem precisavam falar... O sorriso estampado na face de cada integrante já deixa bem clara a satisfação que estavam sentindo!

O resultado você vê no vídeo acima! O motorzinho de limpador de para brisas deu conta de elevar a cabina e fez isto com uma velocidade bem coerente com a realidade. Já constatado que o projeto funcionava, o grupo ainda quis testar sua capacidade. Não resistiram e colocaram mais 10 Kg na cabina, que subiu e desceu normalmente! Durante esta entrevista, todos estavam entusiasmados ao afirmarem que – “com certeza aquele motorzinho conseguiria facilmente elevar mais 40 Kg” -, mas ficaram com medo do pistão de acrílico não aguentar e romper!

Independente dos cuidados que tiveram neste “teste”, o projeto foi um sucesso. Tiveram nota 10 em todas as disciplinas e, mais importante, tiveram a satisfação de um projeto bem realizado.

No final de 2012 o protótipo do Elevador Sta. Helena da Alfabra, da Equipe A2E2G, superou todos os trabalhos apresentados no ano, inclusive de equipes mais graduadas, e foi escolhido para representar a FMU na feira nacional da CIEE (Centro de Integração Empresa-Escola), principal instituição de formação profissional em atividade no Brasil. (foto)

Elevadores ALFABRA
Dpto. Marketing




© Elevadores Alfabra
Rua Isabel de Siqueira Barros, 234 - Jardim Pereira Leite
Bairro do Limão
- São Paulo - SP - CEP 02712-080